Crônica


"Se não tem nada melhor a dizer, fique em silêncio”

Se você já ouviu essa frase, entenda agora porque ela existe


Como muitas coisas na vida, as palavras podem possuir mais de um sentido: por um lado podem ser boas, como quando nos fazem rir, expressam sentimentos puros e belos, levantam nosso astral ou até mesmo nos curam.. Em contrapartida, podem ser ruins quando causam brigas, terminam relacionamentos, são ofensivas e quando originam mágoa. Outro fator a ser considerado é quem pronuncia as palavras. Elas devem ser medidas e empregadas na hora certa. Se você tiver dúvidas fique em silêncio. Ele pode machucar às vezes, mas não tanto quanto palavras mal empregadas.O sim e o não são palavras que se explicam por si só, sem muitas justificativas. Mas nessa história, do sim e do não, entra o por quê, personagem tão importante quanto. Quando as duas primeiras são usadas em situações diárias, geralmente costuma dar problema quando a resposta é um não. De imediato entra em cena a terceira, o por quê. Pronto: começa aí um problema. O sim, na maioria dos casos, dispensa explicações. Mas o não às vezes pede um caminhão delas. Talvez as pessoas não estejam preparadas para ouvir e aceitar um não.Uma professora de redação na faculdade de jornalismo disse durante uma aula: "Cuidado com o que você diz, já que não se pode retirar o que foi dito. As palavras não voltam". No máximo, tentamos consertar as palavras mal empregadas. No entanto, o estrago já foi feito e seu interlocutor pode vencê-lo com argumentos. Por isso, como sempre se diz, é melhor pensar antes de falar. Se não pensou, é melhor optar pelo silêncio. Ele pode significar muitas coisas enquanto que as palavras, já lançadas ao vento como dizem os indianos, são explícitas e podem ser mal interpretadas.Palavras existem e podem machucar, ofender. Ao mesmo tempo, em outro contexto, são tão doces como o mel, tão leves como pétalas de rosa. Cabe a você escolher como elas serão usadas.

Imagem: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!