Tragédia no Rio

Museu Casa do Pontal é invadido pela enxurrada


Imagens da destruição: obras foram salvas pelos funcionários, mas pode haver abalos estruturais no Museu


Nem as artes escaparam da tempestade. O Museu Casa do Pontal foi inundado, ontem pela manhã, depois que um canal transbordou no Recreio dos Bandeirantes. Mesmo com o nível da água atingindo os joelhos, os funcionários e colaboradores conseguiram levar o acervo para o segundo andar da casa, evitando assim prejuízos maiores. Em entrevista ao jornal O Globo a diretora-presidente do Museu Casa do Pontal Angela Mascelani conta que ficou surpresa com o volume da chuva, mesmo já esperando por isso:

"A região sofre de problemas crônicos relativos aos cuidados com os rios e canais e com os condomínios particulares que continuam a fazer aterros irregulares sem terem uma visão dos riscos que os mesmos podem causar à área. - alerta Angela - Mas mesmo assim, foi surpreendente. O Museu Casa do Pontal funciona no mesmo endereço desde 1976 e jamais se viu algo parecido. Foi uma quantidade de chuva inimaginável e não havia como nos prevenirmos", esclarece a diretora-presidente do Museu Casa do Pontal.

Canal próximo ao Museu transbordou interditando a Estrada do Pontal e alagando a área

O Museu Casa do Pontal possui 8 mil esculturas e modelagens retratando os costumes do povo feitas por artistas que representam a camada popular brasileira. O local foi projetado pelo designer frânces Jacques Van de Beuque, responsável também pela coleta das peças. Em 1989, o Museu Casa do Pontal foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural do Rio de Janeiro.

Os moradores da Barra da Tijuca e do Recreio dos Bandeirantes não devem sair de suas casas hoje (07), já que a única via disponível para sair do bairro é a Linha Amarela.

Siga-me no Twitter para saber sobre a situação do Rio.
Imagens: Jacques Van de Beuque
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!