O Sete Artes agora é site!

O Sete Artes agora é site!
Clique na imagem para acessar notícias sobre artes visuais

Tragédia na Região Serrana

Mensagem em carro de som salvou vidas em Areal



Janeiro de 2011 entrou para a história do Brasil como o mês em que ocorreu a maior catástrofe natural na história do país. Mas, em meio a tragédia, a iniciativa do prefeito de Areal (cidade vizinha à Petrópolis) fez toda a diferença. A cidade teve 30 imóveis arrastados pela força das águas, ruas cobertas por lama e quase mil desabrigados. Mas, não houve nenhuma morte.

O prefeito Laerte Calil de Freitas soube por volta das 10h que uma tromba d'àgua arrasara São José do Vale do Rio Preto, há 40 quilômetros de Areal. Então, o governante colocou um carro de som para percorrer as margens dos rios com uma mensagem oficial pedindo para que as pessoas deixassem suas casas próximas aos rios porque estava por vir uma enxurrada.  A ação rápida da prefeitura não parou por aí. Além das vidas, perteces das pessoas também foram salvos.
"Mobilizamos todas as secretarias e mandamos, além de caminhões, pessoal da prefeitura para as regiões mais baixas. De pelo menos 30 casas, conseguimos retirar móveis, utensílios e eletrodomésticos", contou Laerte ao jornal O Globo.
Ainda na entrevista, o prefeito disse que sua ação foi "muito técnica":
"Acho que a cidade foi abençoada porque a tromba d'água chegou durante o dia. Se fosse à noite, não sei o que poderia ter acontecido. Acho que a minha iniciativa foi muito técnica. Acredito muito em Deus, mas não foi nenhuma intuição que me guiou. Recebi as informações e vi que havia necessidade de nos precavermos."
Os bairros mais atingidos em Areal foram Afonsina, Amazonas e Alberto Torres.
Saiba mais:

Imagem: Reprodução Internet
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo

Mais populares

Popular na semana