Pular para o conteúdo principal

Postagens

Livro + Debate " Sonata em Auschwitz" de Luize Valente

No dia 21 de Novembro de 2017, no Midrash Centro Cultural o " Lançamento-debate" do terceiro romance histórico de Luize Valente, depois de O Segredo do Oratório (2012) e Uma Praça em Antuérpia (2015). O foco e pesquisa em temas judaicos continua a marcar a obra da autora, desta vez com uma história saída do campo de extermínio nazista. Como surpresa para o leitor mais atento, existe uma misteriosa ligação deste novo romance com o último.
Conta a História de um bebê nascido nas barracas de Auschwitz-Birkenau, em outubro de 1944. Uma sonata composta por um jovem oficial alemão, na mesma data, também em Auschwitz. Duas histórias que se cruzam e se completam. Décadas depois, Amália, portuguesa filha de pai alemão, começa a levantar o véu de um passado nazista da família a partir de uma partitura que lhe é revelada por uma bisavó desconhecida, assinada por seu avô Friedrich e com o título de Für Haya ("Para Haya"). A dúvida de que o avô, dado como morto antes do fim da S…
Postagens recentes

1ª Reggae Expo Click leva a cultura do reggae para o Centro Cultural Olido com exposições, shows e feiras temáticas

O Coletivo Som na Praça, em parceria com a Família TDH, Reggae Arquivo, Dr. Cannabis, Maconha Seeds Bank e Filme Zero, apresentam a inédita #1ª Reggae Expo Click, noCentro Cultural Olido (Av. São João, 473, Centro/ SP), de 14 de outubro a 16 de dezembro de 2017, grátis.



A cada semana, um fotógrafo expõe seus trabalhos e participa de uma tarde de autógrafos fazendo a distribuição de seus postais ao público, que pode conferir o seu olhar sobre o mundo e suas vivências no meio artístico.



O Cine Filme Zero, traz a tona registros de eventos referente a cultura Reggae.



A exposição tem por finalidade, despertar a curiosidade para o olhar dos profissionais de fotografia do cenário do reggae e incentivar outros profissionais e também simpatizantes, a vivenciar novas experiências através dos registros observados.



Após as exposições bandas respeitáveis da cena do reggae e rap independente, como Jah Dartanham & Dubalizer, Etiópicos, Odisséia das Flores, Zambol, Indaiz, , Talita Cabral,Villa Regga…

'Dedo na Ferida', de Silvio Tendler, leva o troféu de melhor documentário pelo Juri Popular do Festival do Rio: 'Mais fortes são os poderes do povo'

O cineasta Silvio Tendler voltou para casa com o Troféu Redentor em mãos na noite deste domingo, 15, após ser premiado do Festival do Rio pelo documentário "Dedo na Ferida". O longa metragem, que aborda a dominação do poderio econômico frente aos governos e à população, foi ovacionado na exibição para convidados, no dia 11, e coroado pelo Júri Popular na mostra competitiva da 19º edição do Festival:




- A importância de ganhar o prêmio pelo Júri Popular é toda. Como disse Glauber (Rocha), mais fortes são os poderes do povo. Vamos juntos nessa. Estamos muito orgulhosos de ter recebido este prêmio, por este júri. - disse Silvio logo após a cerimônia de premiação.



O novo documentário do cineasta, reconhecido por mais de 80 obras de cunho histórico e social, aborda a influência do capital na política:


- É uma crítica à política dominada pelo sistema financeiro. Você não discute mais o dinheiro a serviço da produção”, diz Tendler, lembrando que se trata de um fenômeno mundial. “A…

(Exposição) 'Abismo', de José Tannuri @ Tramas Arte Contemporânea (RJ) 21/11

Inauguração da exposição “Abismo”, de José Tannuri, na Tramas Arte Contemporânea (RJ)
Terça-feira, dia 21 de novembro, às 19h.
Tramas Arte Contemporânea apresenta ‘Abismo’, nova exposição individual do carioca José Tannuri. O artista volta à galeria, após quatro anos de sua última individual no local (em ‘Urbânico’, 2013), com trabalhos realizados em cores chapadas sobre páginas de jornal e investiga a borda que contorna os abismos, aqueles que construímos. 
A série, realizada entre 2016 e 2017 no seu ateliê em Santa Teresa, apresenta trampolins e plataformas projetadas sobre o vazio, além de outras arquiteturas ambivalentes em pinturas sobre jornal, material que Tannuri domina já que é especialista em papel reciclado.  


“Ao menos desde 2003, quando realizou a instalação ‘Muros’, no Centro Cultural Sérgio Porto, o artista aponta criticamente a dominação e o homogêneo. Tannuri manipula o jornal literal e, simbolicamente, suas páginas são como território de países, limites de suas frontei…

Mul.ti.plo abre mostra de Manfredo de Souzanetto no Vale das Videiras

Uma das propostas da Mul.ti.plo Espaço Arte, galeria carioca de arte contemporânea situada no Leblon, é não ficar restrita às suas paredes. Desta vez, o rumo é a Região Serrana do Rio: a partir de 18 de novembro, em parceria com a Galeria A2 + Mul.ti.plo, leva para o Vale das Videiras a obra de Manfredo de Souzanetto, considerado como um dos artistas mais destacados e criativos desde sua primeira individual realizada em Belo Horizonte, em 1974. Serão apresentados ao todo 15 trabalhos, entre eles, 14 da série dos “Tacapes” (madeira, cobre e pintura), realizados entre os anos de 1997 e 2016, e uma pintura recente (pigmentos e resina acrílica sobre tela e madeira), de 2017.
A obra de Manfredo de Souzanetto se desenvolve como um jogo de virtualidade e concretude, onde muitas vezes a moldura ultrapassa o limite da pintura e o suporte se fragmenta, refletindo a busca de novas possibilidades.  Manfredo se utiliza de materiais diversos, como madeira, cobre, pigmentos de terra e resina acrílica…
EncurtaNET
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
EncurtaNET